LOTE 001

FAZENDA BOM JARDIM - CANINDÉ/SE

As fotos são meramente ilustrativas

ENCERRADO

LEILÃO JUDICIAL DA VARA CÍVEL E CRIMINAL DA COMARCA DE CANINDÉ
LEILÃO JUDICIAL
Online
DATA 1º LEILAO: 09/11/2020 10:00
LANCE INICIAL: R$ 800.000,00
DATA 2º LEILAO: 30/11/2020 10:00
LANCE INICIAL 2° LEILÃO: R$ 400.000,00
AVALIAÇÃO: R$ 800.000,00
Local do Leilão: - Eletronicamente através do site WWW.LANCESE.COM.BR
Compartilhar:    
Detalhes do Lote

Comitente: VARA CÍVEL E CRIMINAL DA COMARCA DE CANINDÉ

Cidade: Canindé de São Francisco/SE
Endereço:
Matrícula: Matrícula nº. 1.052, registrado no Cartório registro imobiliário da comarca de Canindé/SE

Descrição: 01 (um) imóvel rural, denominado Bom Jardim com área de 303,03 hectares (equivalente a mil tarefas), situado no Município de Canindé/SE, com limitações ao NORTE – José Amilton; ao SUL – com a Faz. Aparecida; ao LESTE – com represa de Xingó e OESTE – com a Faz. Monte Azul, matrícula nº. 1.052, registrado no Cartório registro imobiliário da comarca de Canindé/SE.

Processo: 200564020703
Vara: VARA CÍVEL E CRIMINAL
Comarca: CANINDÉ
Exequente: BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A
Executado: ESPOLIO DE MANOEL FEITOSA DA SILVA REP.PELO SR. MELCHIEDES CORDEIRO FEITOSA
Localização do Imóvel

Endereço:
Cidade: Canindé de São Francisco / SE

Observações do Lote

ÔNUS: HIPOTECA 1º GRAU DE GARANTIA (R.1); HIPOTECA 2º GRAU DE GARANTIA (AV.04); E HIPOTECA 3º GRAU DE GARANTIA (R.9), constituídas e registradas às margens da matrícula nº. 1.052, Livro RG-02, na Circunscrição Imobiliária da comarca de Canindé, em favor da BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S/A, cuja extinção se operará quando da arrematação, nos termos do Art. 1.499, do Código Civil de 2002; SERVIDÃO ADMINISTRATIVA (AV.7), em favor do Município de Canindé de São Francisco/SE, cuja finalidade diz respeito a faixa de passagem pelo imóvel, com área de 950m, por 6m de largura, que servirá de estrada de acesso; SERVIDÃO DE ELETRODUTO (R.8), em favor da Companhia Hidroelétrica de Transmissão SE-IV/Paulo Afonso/Messias 500kv da outorgada e cuja passagem na mesma propriedade compõe a gleba nº. 74 do referido eletroduto. De acordo com a planta parcial integrando a escritura com a área aproximadamente de 357.845m², medindo 5.112,50m, tendo do lado direito e esquerdo linhas paralelas delimitantes, sendo 35m e pela frente Maria Auxiliadora M. de Britto e fundos com Daniel R. M. Bernardes.